Por favor aguarde.
  • Barcelona conquista 13.ª Supertaça de Espanha ao vencer o Sevilha

    Desporto


    O FC Barcelona conquistou hoje a sua 13.ª Supertaça de Espanha em futebol ao vencer o Sevilha por 2-1, mas a equipa andaluza desperdiçou um penálti já em período de descontos, aos 90+1.

    De resto, o Sevilha foi mesmo a primeira equipa a marcar, logo aos nove minutos, com Pablo Sarabia a finalizar a jogada a passe de Aleix Vidal.

    O Barcelona só conseguiu restabelecer o empate à beira do intervalo, num lance de bola parada, um livre superiormente executado por Lionel Messi, que levou a bola a embater no poste e a sobrar para a recarga do central Gerard Piqué.

    Na segunda parte, o equilíbrio foi a nota dominante, com o francês Dembelé a fazer a diferença com um golo fabuloso, aos 79 minutos, num remate indefensável de fora da área que bateu o guarda-redes checo Tomas Vaclik e que valeu a conquista da Supertaça.

    No entanto, a equipa andaluza beneficiou de um penálti já em período de descontos, aos 90+1, oportunidade soberana para levar a decisão para o prolongamento, mas o avançado francês Ben Yedder, lançado em campo aos 85 minutos, em detrimento do central argentino Gabriel Mercado, quando o Barcelona já vencia por 2-1, permitiu a defesa do guarda-redes alemão Ter Stegen.

    De notar que o passe que deu origem a esse penálti foi de autoria do internacional português André Silva, cedido por empréstimo ao Sevilha pelo AC Milan, para Aleix Vida, que sofreria falta de Ter Stegen na área.

    O avançado português foi lançado em campo aos 60 minutos, a render o colombiano Luis Muriel, enquanto o seu colega e compatriota Daniel Carriço não chegou a sair do ?banco? da equipa andaluz.

    Outro internacional português, Nelson Semedo, foi titular no Barcelona e alinhou durante os 90 minutos.

    Fonte: SAPO Desporto

    Ler notícia completa »

    »Voltar Ler notícia completa »