Por favor aguarde.
  • Cabo Verde: Governo investe na formação desportiva

    Desporto


    O Governo vai investir, em 2019, mais de 19 mil contos na implementação de várias estruturas do desporto, nomeadamente um Centro de Alto Rendimento, escolas de iniciação, a pensar na institucionalização da Federação Nacional do Desporto Escolar,

    A informação foi avançada pelo ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, durante a audiência na Comissão Especializada da Assembleia Nacional, tendo realçado que o Governo está a fazer um trabalho a todos os níveis para ter resultados concretos na dinamização do desporto.

    Segundo Fernando Elísio Freire, de momento, o Centro de Alto Rendimento de Cabo Verde funciona com experiências piloto nas modalidades de boxe, atletismo e karaté, estando os jovens seleccionados nas várias escolas da ilha de Santiago a serem formados pelos professores de Educação Física.

    O ministro, considerou, por outro lado, que o executivo está a fazer um investimento considerável no desenvolvimento de um programa do Desporto Escolar, com o objetivo da criação de uma Federação Nacional do Desporto Escolar.

    Conforme explicou, esta federação vai ser constituída por professores da Educação Física, de forma a organizarem, em concertação com as federações nacionais das várias modalidades, a promoção do Desporto Escolar, mediante a competição entre escolas.

    Recordou que neste momento está a decorrer um pouco por todo Cabo Verde um projeto-piloto, incidindo numa competição entre liceus na modalidade de basquetebol.

    Nesta perspetiva, ajuntou, o Governo já está a atuar em termos de legislação, tendo já regulamentado e publicado os termos de Bolsa Atleta e de Regime Jurídico do Atleta de Alta Competição, o que permite a identificação dos potenciais atletas para serem colocados no Centro de Alto Rendimento.

    Os atletas contemplados com esta bolsa, para além de passarem a ter todas as condições para treinar e estudar terão ainda um ?regime especial na frequência escolar contemplada no Regime Jurídico do Atleta de Alta Competição? facultando-os o acesso a treinos e escola em horário que lhes permite desenvolver a sua actividade desportiva.

    No cômputo geral, o ministro esclareceu que o investimento destinado à formação, isto é, no Centro de Alto Rendimento, no Desporto Escolar e nas escolas de iniciação desportiva ascende a quase 20 mil contos.

    Este investimento ?muito forte?, explica, exigirá das federações, das próprias escolas de iniciação desportiva e inclusive do Governo, uma maior ?proatividade? visando o aproveitamento dos valores disponíveis nesta área.

    O Orçamento do Estado para o ano económico de 2019 do sector do desporto está avaliado em 373 mil contos, traduzindo um aumento de 20% face a 2018, destinado à promoção do desporto (263 mil contos) e investimento nas infra-estruturas.

    Fonte: SAPO Desporto

    Ler notícia completa »

    »Voltar Ler notícia completa »