Please wait.
  • Medina homenageia hóquei do Sporting e diz que o troféu regressa a casa

    Desporto


    A equipa de hóquei em patins do Sporting, que se sagrou campeã europeia no domingo, foi homenageada hoje na Câmara Municipal de Lisboa (CML), cujo presidente definiu a conquista como um regresso do troféu ?à sua casa?.

    Graças à vitória frente ao FC Porto, por 5-2, na final da Liga Europeia, os ?leões? conquistaram o segundo título europeu, 42 anos após o primeiro, e foram agraciados por Fernando Medina, que destacou o momento como ?um déjà vu?, em referência à receção recente da equipa de futsal do Sporting, também campeã europeia.

    ?Mais uma vez a CML associa-se com gosto a mais uma conquista de um clube da nossa cidade, que acaba de se sagrar vencedor da maior competição continental de clubes, numa modalidade que continua bem enraizada na alma portuguesa. Desde que o Sporting se tornou na primeira equipa portuguesa a conquistar a então Taça dos Cubes Campeões Europeus há 42 anos, o troféu maior de clubes regressa a casa, regressa à sua casa?, destacou o edil.

    Além de recordar a ?equipa lendária constituída por Ramalhete, Sobrinho, Chana, Livramento e Rendeiro?, Fernando Medina defendeu que ?o atual grupo de trabalho pode juntar-se a esta lenda para a glória do clube nascido com a intenção, assumida pelos seus fundadores, de ser tão grande como os maiores da Europa?.

    ?A verdade é que em 15 dias o Sporting sagrou-se campeão europeu em duas modalidades coletivas diferentes, um facto inédito no desporto português que merece um realce particular?, acrescentou Medina, em cerimónia realizada no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

    O presidente ?leonino?, Frederico Varandas, destacou que os jogadores, ?por muito mérito, foram melhores que os melhores e serão imortais na história do Sporting?, sublinhando também que ?dois títulos europeus em duas semanas é um feito extraordinário, só ao alcance dos maiores clubes da Europa?.

    ?E este título, como o do futsal, não veio do nada, não veio da sorte. Veio porque este clube tem grandes jogadores, grandes treinadores, um grande staff e, hoje, um ambiente, uma estabilidade e um rigor que permite extrair o melhor dos seus profissionais?, justificou o dirigente.

    Após a conquista dos títulos europeus, Frederico Varandas diz que ?muitas pessoas estão surpreendidas com a realidade atual do Sporting?, porque ?há um ano acreditavam que o clube ia passar uma longa travessia no deserto e teria de renascer das cinzas?.

    Enquanto o capitão Girão confessava que os jogadores se sentem ?muito contentes pelo título conquistado, acarinhados? e esperam ser recebidos mais vezes na CML, o treinador Paulo Freitas descrevia a homenagem de hoje como ?um reconhecimento de um trabalho desenvolvido, um reconhecimento por aquilo que são as valias do Sporting?.

    ?Enche-nos de orgulho?, admitiu, defendendo terem sido a ?qualidade, superação constante e determinação de todo um grupo de trabalho? o segredo para a conquista europeia.

    Source: SAPO Desporto

    Read all new »

    »back Read all new »