Please wait.
  • Covid-19: Porta-voz de atletas alemães recusa participar em Tóquio2020

    Desporto


    O presidente da Associação de Atletas Alemães, o esgrimista Max Hartung, disse hoje que recusará participar nos Jogos Olímpicos Tóquio2020 e transportar a tocha olímpica se a competição não for adiada, devido à pandemia de covid-19.

    A decisão de Hartung, comunicada em entrevista à rádio pública Deutschlandfunk, coloca um pouco mais de pressão sobre o Comité Olímpico Internacional (COI) para adiar a prova, marcada para o período de 24 de julho a 09 de agosto.

    O esgrimista, de 30 anos, considerou que a decisão se baseia em "responsabilidade" e abrange também o transporte da tocha olímpica, que chegou no sábado ao Japão, proveniente da Grécia.

    Os comités olímpicos de Noruega, Brasil, Espanha e Estados Unidos e o paralímpico norte-americano, bem como as federações norte-americana de atletismo e natação e das espanholas de atletismo e futebol, já se manifestaram favoráveis ao adiamento de Tóquio2020, apesar de governo japonês e COI manterem a intenção de organizar os Jogos nas datas previstas.

    O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 290 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 12.700 morreram.

    Depois de surgir na China, em dezembro de 2019, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

    O continente europeu tornou-se o epicentro da pandemia, com a Itália a ser o país do mundo com maior número de vítimas mortais (4.825), o que levou vários países a adotarem medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

    Em Portugal, que se encontra em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira, a Direção-Geral da Saúde elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 1.600, mais 320 do que no dia anterior. O número de mortos no país subiu para 14.

    Source: SAPO Desporto

    Read all new »

    »back Read all new »