São Silvestre da Amadora vai ter dérbi entre Benfica e Sporting

O benfiquista Rui Pinto e o sportinguista Andrelino Furtado vão ser alguns dos protagonistas da 44.ª edição da São Silvestre da Amadora, que vai ser disputada em 31 de dezembro e foi hoje apresentada.

Na ocasião estiveram presentes os antigos campeões olímpicos e vencedores da corrida Carlos Lopes (1975, 1983 e 1986) e Rosa Mota (1989), ambos como padrinhos da emblemática prova, que já conta com 1.300 inscritos.

Este ano, a prova feminina vai começar cinco minutos mais cedo do que é habitual, às 17:45, 15 minutos antes da masculina, para beneficiar os espetadores.

?Foi uma decisão técnica, esta da partida mais antecipada, porque no ano passado os primeiros atletas apanharam as mulheres perto do oitavo quilómetro, e com o grande número de espetadores que assistem à prova torna-se mais complicado em termos de correto acompanhamento da competição?, explicou o responsável técnico da prova, Hugo Miguel Sousa.

O presidente do Desportivo Operário do Rangel, clube organizador da prova, Carlos Vedor destacou o duelo entre os dois ?grandes? de Lisboa, em particular no setor masculino.

?Teremos a presença do vencedor do ano passado, o Rui Pinto, do Benfica, que já vai em três triunfos e, caso vença, ultrapassará Carlos Lopes como homem com mais triunfos, e do seu colega de equipa Miguel Borges, dos sportinguistas Andrelino Furtado - vencedor do Grande Prémio de Natal-, Licínio Pimentel, Eduardo Mbengani, Hugo Correia, Paulo Pinheiro e Miguel Marques?, detalhou.

No setor feminino, Carlos Vedor destacou ainda a participação de Ana Ferreira e Susana Francisco, ambas do Sporting, de Carla Martinho, do Recreio de Águeda, e Ercília Machado.

A realização da prova vai implicar um corte ao trânsito, a partir das 16:45, em toda a extensão do percurso, com partida da Estrada dos Salgados ? junto à estação de metro Amadora Este ? e a Praça São Silvestre, onde está instalada a meta, depois de passagens pelo Parque Aventura, pela rotunda do vulcão, a ?subida dos Comandos? e a Rua Elias Garcia.

Ler mais »

Taça de Inglaterra deixa de ter jogos de desempate a partir da quinta eliminatória

A Taça de Inglaterra de futebol vai deixar já esta época de ter jogos de repetição em caso de empate a partir da quinta eliminatória, devido à elevada quantidade de jogos com equipas nas competições europeias.

?A FA (federação Inglesa) anunciou hoje que as repetições em jogos da quinta eliminatória da Taça de Inglaterra deixarão de existir na competição desta época, uma temporada mais cedo do que o previsto?, disse o organismo, em comunicado.

A FA chegou a acordo para esta alteração, explicando que a mesma é introduzida para ?aliviar a congestão de datas, com seis clubes da ?Premier League? na fase a eliminar da Liga dos Campeões e da Liga Europa?.

A quinta ronda mantém-se para o fim de semana de 16/17 de fevereiro, mas em 2019/20 acontecerá a meio da semana, e em caso de empates obrigará a prolongamento e grandes penalidades, se necessário.

A Taça de Inglaterra, cujo detentor é o Chelsea, está na sua terceira eliminatória, agendada para 04 e 05 de janeiro, e já com equipas do principal campeonato.

Ler mais »

Messi sobre a Bota de Ouro: "Este prémio é fruto do trabalho, do esforço e, sobretudo, dos meus companheiros"

O futebolista argentino Lionel Messi recebeu hoje a Bota de Ouro da época 2017/18, que distingue o melhor goleador dos campeonatos europeus, prémio para o qual considerou fundamental o trabalho dos companheiros do FC Barcelona.

?Não esperava tanto no início da época. Este prémio é fruto do trabalho, do esforço e, sobretudo, dos meus companheiros. Estou na melhor equipa do mundo, que tem os melhores jogadores e isso torna tudo mais fácil e faz com que eu consiga prémios como este?, afirmou o argentino.

Messi, que na época passada apontou 34 golos na Liga espanhola, recebeu hoje em Barcelona a quinta Bota de Ouro da sua carreira, numa cerimónia na qual marcaram presença as principais figuras do clube catalão.

O egípcio Mohamed Salah (Liverpool), com 32 golos, e o inglês Harry Kane (Tottenham), com 30, terminaram nas segunda e terceira posições, atrás do argentino, que já tinha recebido o troféu nas épocas 2009/10, 2011/12, 2012/13 e 2016/17.

Messi tornou-se assim o jogador que mais vezes recebeu o galardão, à frente de Cristiano Ronaldo, que venceu a Bota de Ouro nas épocas 2007/08, pelo Manchester United, em 2010/11, 2013/14 e 2014/15, ao serviço do Real Madrid.

Ler mais »

Gerrard: "É um vencedor em série, e foi-o sempre,"

O antigo internacional inglês Steven Gerrard, atual treinador dos escoceses do Rangers, disse hoje que o português José Mourinho foi o melhor treinador do Manchester United depois da saída de Alex Ferguson.

Numa reação ao despedimento do técnico luso, hoje confirmada em comunicado dos ?red devils?, o antigo jogador do Liverpool destacou os ?troféus vencidos? em dois anos e meio e ?o melhor trabalho desde a saída de Ferguson?.

?O José chegou e colocou um par de títulos no museu, pelo que acho que não possa ser muito criticado (...). É um treinador de classe mundial, e foi um rival quando jogava. É um vencedor em série, e foi-o sempre, em todo o lado em que treinou?, reforçou.

Por seu lado, o treinador adjunto do Chelsea, o italiano Gianfranco Zola, comentou a saída de ?Mou? dos rivais, depois de ter sido campeão três vezes nos londrinos, e disse que o luso estará a treinar ?em breve?.

?Nunca é bom ver um treinador ser despedido, para ninguém, especialmente alguém como o José, que ganhou tanto no futebol, e ganhou tanto por nós [Chelsea] (...). Estou triste, como muitos outros, e desejo-lhe o melhor numa nova aventura, que certamente terá em breve?, apontou.

Mourinho, de 55 anos, chegou aos ?red devils? em 2016/17, época em que alcançou os únicos títulos no clube, a Taça da Liga inglesa, a Supertaça e a Liga Europa.

Após 17 jornadas, o Manchester United ocupa o sexto lugar do campeonato, com 26 pontos, menos 19 do que o líder Liverpool.

Ler mais »